quarta-feira, 21 de julho de 2010

Neruda


"Vou-me embora. Estou triste: mas sempre estou triste.
Venho dos teus braços. Não sei para onde vou."
(Pablo Neruda)

2 comentários:

  1. Nossa...que lindo!
    Não conhecia!
    Valeu a leitura Mara!
    Um lindo dia pra vc!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Bjs, Mari. Um lindo dia pra vc também!

    ResponderExcluir