terça-feira, 15 de março de 2011

Sina de poeta - Mara Senna

Sina de poeta

Eu queria escrever um romance,
mas nunca acho o tema;
de dentro de mim, rasgado,
sai mais um poema.
Quem me dera escrever longa prosa,
mas eu, na minha agonia,
escrevo aos borbotões,
em forma de poesia.

Mara Senna
em Luas Novas e Antigas

4 comentários:

  1. Mara querida, o seu afilhado hoje escreveu o 1o. poema!!! Puxou a dinda na inspiração!!! Beijocas!

    ResponderExcluir