quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

O rosto do Amor

ZILDA ARNS (1934-2010)

 O rosto do Amor

Isto é uma coisa
que, outras vezes,
 eu já havia reparado:
de vez em quando
Deus toma
um rosto emprestado.
Espalha Amor aqui na terra
 e vai embora,
 disfarçado...

8 comentários:

  1. Ola ! Lindo suas palavras, gostei do blog.Abraço...

    ResponderExcluir
  2. Ola , gostei dessa versão do Amor, que é a verdadeira... abraço...

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Reginaldo, é realmente o que eu sinto.
    Seja sempre muito bem-vindo ao blog. Gostei muito da tua terra, Lisboa. Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Lindo poema, linda homenagem!
    Acredito nisso.
    Abraços,
    Lau

    ResponderExcluir
  5. carmen fanganiello15 de janeiro de 2010 13:10

    Sò gente tocada como voce ,para expressar esse amor em tão lindas palavras.

    abraços

    carmen

    ResponderExcluir
  6. lindas palavras,linda homenagem para alguem que nos deixa uma lição;
    solidariedade.
    beijos


    carmen

    ResponderExcluir
  7. que bonito mara...gosto mto do que vc escreve , mto mesmo.

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Obrigada, Claire, isso me estimula a continuar.
    Bjs

    ResponderExcluir